Novos porcelanatos extrafinos podem ser instalados sobre pisos preexistentes A aparência continua a mesma, mas quanta diferença há n...

porcelanatos extrafinos

 

Novos porcelanatos extrafinos podem ser instalados sobre pisos preexistentes


A aparência continua a mesma, mas quanta diferença há no que você não vê


Novos porcelanatos extrafinos podem ser instalados sobre pisos preexistentes Adriana Franciosi/Agencia RBS
Em duas semanas, dois terços do tempo que seria preciso para retirar a cerâmica preexistente e assentar um novo piso, foram aplicados 30 metros quadrados de porcelanato finíssimo nesta casaFoto: Adriana Franciosi / Agencia RBSAna Carolina Bolsson
Entre as vantagens dos recém-lançados porcelanatos extrafinos – de 3mm a 5mm de espessura – está a de agilizar a obra, quando colocados sobre revestimentos cerâmicos preexistentes. Mas é preciso avaliar se é aceitável o nivelamento resultante do piso antigo com o extrafino sobreposto. Isso foi feito pela autora desta reforma, arquiteta Carolina Guindani, do escritório Completa Arquitetura + Engenharia.
Nesta casa, em um condomínio de Gravataí, o método adotado na instalação de 30 metros quadrados – pisos do living, do lavabo e da área da adega – consistiu na sobreposição, o que reduziu a obra de três para duas semanas. A espera para a circulação no espaço após a aplicação é o normal para porcelanatos – um a dois dias.
A troca de piso neste ambiente integra a revitalização para tornar a residência de lazer o endereço principal da família. Conforme a autora do projeto de reforma, a rusticidade nos materiais internos da propriedade – tijolos aparentes e madeira escura – determinaram a escolha do porcelanato bege fosco de 60cm x 60cm. Para dar sensação de amplitude, o rejunte foi aplicado no tom do revestimento. A fina espessura e o peso reduzido, comparados aos porcelanatos normais, permite que o extrafino revista paredes e tampos.
 
Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS
SAIBA MAIS– Porcelanatos extrafinos podem ser aplicados sobre qualquer tipo de piso cerâmico, porcelanato e pedras – desde que estejam bem assentadas.
– Não são indicados sobre pisos naturais, como os de madeira. Sempre precisam de rejuntes.
– Os indicados são de 1,5mm a 2mm. Os extrafinos, quase 70% mais leves do que os porcelanatos convencionais, são mais fáceis de transportar, manusear e cortar.E ainda mantêm a resistência padrão. 
– Após a instalação, é preciso aguardar a cura da argamassa e do rejunte. Há argamassa de cura rápida, mas não é indicada para sobreposição. 
– Os extrafinos custam de 30% a 50% mais do que os convencionais.
ZERO HORA